Home Uncategorized • Dicas básicas para cozinheiros iniciantes

Dicas básicas para cozinheiros iniciantes

 - 
Dicas cozinha

A independência significa, para muitos, confrontar-se diretamente e por primeira vez à cozinha. A maioria levarão apontadas as receitas caseiras imprescindíveis para continuar comendo tão bem como em casa de seus pais, mas para que as receitas saiam com aquele toque especial, além de empregar os ingredientes precisos, há que cuidar de certos detalhes que muitos desconhecem.

Para que os pratos fiquem bem, questões como os utensílios, os tempos ou as proporções são tão importantes como os ingredientes. Os especialistas amigos que temos em diferentes fóruns de Cozinha nos foi dito esses pontos indispensáveis e que não devemos ignorar a hora de enfrentar a cozinhar. Se você é iniciante, tome nota destes conselhos.

Qualidade e medos

Contar com uma bateria de cozinha e alguns utensílios, como colheres de madeira, escumadeiras, facas apropriados, etc., é primordial para cozinhar em condições o tempero para carne de churrasco. Mas, de qualquer tipo, não servem. “Não há que poupar na qualidade das panelas, melhor fazer um investimento um pouco alto, uma vez que muitas pequenas ao longo dos anos”.

Os medos, por outro lado, há que deixá-los de lado. A firmeza na hora de pegar as panelas ou panelas é fundamental para evitar acidentes, como nos aconselha. Também há que conhecer bem a superfície onde se cozinha, seja fogão eléctrico ou fogo e usar o forno, com suas múltiplas possibilidades. “Para mim foi uma grande descoberta. Tinha muito medo e agora cocino quase tudo nele”.

Organização

A ordem, a limpeza e a organização, em geral, são indispensáveis em toda cozinha que se preze e são muito úteis para cozinhar sem problemas. Antes, mesmo, de dar de comer é importante saber fazer a compra, ou seja, comprar o que você realmente precisa e saber para que serve cada coisa, como diz-nos os ingredientes omelete. Conhecer os alimentos, os utensílios, os seus usos e outros fará com que a tarefa de cozinhar seja muito mais rápida.

Por outro lado, estamos acostumados a ver nossos pais, cortar, cozinhar e procurar ingredientes, tudo de uma vez. Para começar, é melhor ir pouco a pouco, “cortar os alimentos e preparar todos os ingredientes antes de colocar a panela ao fogo. À medida que você vai pegando experiência, você pode ir fazendo a vez, mas, no início, melhor se organizar”.

Paciência e prática

O mais importante na hora de ficar cara a cara com a cozinha é ter paciência, pois “a cozinha não é teoria, é prática, fazer uma e outra vez até que pegar o ‘truque’ a cada prato”. Quando subir ou descer o fogo, os tempos de cozimento, etc., são questões que se aprendem com o tempo, assim como a quantidade a dar de sal e outras especiarias. “Até que você pegar o jeito, eles têm que saber que, com as especiarias é melhor ficar curto do que passar”.

Aprender com os erros é muito importante na hora de cozinhar. Para tomar conhecimento de tal nos conta seu truque: “me foi muito útil ter um bloco de notas ou caderno para anotar os erros e os acertos na cozinha, as quantidades, tempos de cozimento…assim podes aperfeiçoar as tuas receitas”. Não é negligenciável tudo o que possa facilitar e fazer muito mais grata a esta encantadora tarefa.

Claro, além de toda noção de que se possa dar a hora de começar a cozinhar, você tem que saber que “o principal ingrediente de um prato é o carinho e o tempo que tem que passar”. “Se você cozinhar com carinho, bom humor, os pratos sairão muito melhor”, afirma, por seu lado. Para começar a cozinhar é necessário, portanto, um pouco de investimento, outro tanto de conhecimento e muita paciência, carinho e dedicação.

Author:admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked*

*

*